HGH-USA.COM

Symbiotropin
Meditropin

 
Français

English

Español

Deutsche

Português
 

Página Principal         Termos e condições         Contato       Compra agora  ►►►       Symbiotropin         Meditropin


Aparência e sentimento de mais jovem
- Dr. L. E. Dorman

" Felicidade é ter boa saúde e péssima memória. "
-Ingrid Bergman           

CAPÍTULO  5

Como um médico osteopático, fui ensinado técnicas para tratar várias influências sob doenças com o foco na manipulação estrutural. Exemplos de procedimentos osteopáticos incluem o realinhamento do crânio em uma criança para auxiliar na superação de retardo do crescimento e os efeitos da manipulação espinal em aliviar dor no joelho. Para mim, a compreensão destes e outros conceitos vem com a inerente aceitação que todas as áreas do corpo são interativas e ao mesmo tempo que podemos isolar e tratar doenças sintomaticamente, vamos atingir resultados melhores quando tratamos o corpo como um todo. Como eu esforço continuamente a praticar medicina baseado nesta orientação, estou seguro que estou no caminho certo.

Na prática da nutrição e da medicina preventiva, eu tenho observado progressos insuperáveis em uma variedade de estados patológicos para os quais não parece ter outro tratamento eficaz.

Tenho visto a disparidade na resposta de pacientes que são tratados semelhantemente com nutrientes e medicações, mas cujas hábitos de dieta e exercício diferem. Os resultados da exposição prolongada à uma dieta rica em gordura e carboidratos refinados são nítidos: resistência à insulina, pressão arterial alta, aumento na gordura corporal, fadiga, doença cardíaca, colesterol alto, artrite e resistência ao tratamento. À pesquisar sobre hormônio do crescimento, descobri que estas áreas são as que precisam melhorar consistentemente com terapia do GH.

Tenho à muito tempo percebido o papel da reposição hormonal em deter o processo do envelhecimento, e tornou-se claro para mim que a restauração do hormônio do crescimento e do IGF-1 precisa ser o foco central no tratamento da reposição hormonal. Na substituição de qualquer hormônio, é importante para mim usar um hormônio natural em vez de um sintético para simular a própria produção do corpo daquele hormônio em termos de quantidade e freqüência na liberação. Considerando estes parâmetros como parte da terapia do GH que eu iria efetuar na minha prática, eu percebi que faz mais sentido usar um secretagogo natural em vez de injeções pelas seguintes razões:

  • Natural: Secretagogos estimulam o hormônio do crescimento do próprio corpo à ser liberado, onde a injeção
                  utiliza o hormônio do crescimento sintetizado.

  • Quantidade & Frequência: Symbiotropin reforça as secreções pulsátil existentes do GH, enquanto as injeções
                                             toma o lugar dessas secreções.

  • Conversão para IGF-1: Este processo afeta as funções hepática e pancreática, quais são abordadas pelas
                                        áçuares farmacêuticas na Symbiotropin.

  • Efeitos Colaterais: Symbiotropin consiste de ingredientes todos naturais, diminuindo os riscos de efeitos
                                 colaterais. Injeções podem causar vários efeitos colaterais, especialmente em doses mais
                                 elevadas.

  • Complacência: Muitos pacientes acham difícil injectarem-se diariamente. Symbiotropin é entregue em forma de
                            bebida. Injeção precisa ser mantida em local com baixa temperatura até for utilizada
    ; isto
                            não é sempre prático.

  • Custo: Injeções de GH custa $800 - $1,200/mês.
               Symbiotropin custa aproximadamente $125.00 - $200.00/mês.

 

Ligação na Reposição Hormonal da Insulina

Enquanto a maioria dos médicos hoje estão familiarizados em reconhecer e tratar a deficiência hormonal, há geralmente uma negligencia à interação complexa que todos os hormônios têm um com outro. A insulina é um hormônio que afeta grandemente a secreção e a resposta do estrógeno, hormônio do crescimento, progesterona e o hormônio tireoidiano - e é controlado em grande parte pela dieta, mas não totalmente. O processo do envelhecimento resulta no declínio da capacidade de administrar a insulina e outros hormônios. Por isso, a terapia hormonal anti-envelhecimento ideal deve incluir gestão da insulina de um modo que aborda a produção da insulina e sítios de receptores. Se a insulina não for regulada mais doses elevadas de hormônios, como estrógeno, devem ser utilizadas para obter a resposta desejada. Este conceito aplica a ligação da maioria das reposições hormonais em que estou familiarizado - a mais ampla gama de hormônios que estão sendo substituídos, menos a dose necessária para cada um deles.

Para a maior parte, a terapia de reposição hormonal (HRT) revelou-se bastante eficaz para inverter os sintomas associados com deficiência, mas há quantidades significantes de pacientes que têm respostas limitantes. Um bom exemplo é uma paciente aproximadamente 45 anos de idade que já teve histerectomia total no início de seus 30 anos de idade e sofre com graves afrontamentos, depressão e secura vaginal dolorosa. No momento que ela veio a mim, ela já tinha sido tratada por vários médicos com praticamente todas combinações de hormônios, mas todos em vão. Ao utilizar hormônios naturais e não os sintéticos que ela estava tomando, fomos capazes de melhorar sua condição, mas parecia que não podíamos eliminar totalmente os sintomas dela. Então nós introduzimos em seu protocolo. Dentro de alguns dias ela relatou desaparecimento completo dos sintomas da depressão e uma diminuição drástica na intensidade de seus afrontamentos. Dentro de duas semanas ela superou todos seus sintomas que estava sentindo durante muitos anos, incluindo a secura vaginal dolorosa. Será que esta aparentemente milagrosa recuperação ocorreu apenas devido a estimulação do hormônio do crescimento e do IGF-1? Não exatamente.

Os métodos pelos quais a Symbiotropin tem sua ação inclui a regulação da insulina e controle da glicose na corrente sanguínea, que são ambos importantes para liberação do GH. Excesso de insulina e de açúcar no sangue inibe a capacidade dos hormônios, como estrógeno, a entrar dentro da célula e cumprir sua função. Esse tipo de resistência à terapia hormonal é muitas vezes abordada através da utilização de doses super-fisiológicas - que ultrapassam a reposição de um hormônio deficiente. De experiência clínica, os pacientes que não respondem integralmente às doses fisiológicas do tratamento de reposição hormonal têm sintomas visíveis de desequilíbrio da açúcar no sangue, incluindo os seguintes:

  • Dificuldade em passar de uma refeição para outra
  • Fadiga, principalmente à tarde
  • Desejo de doces
  • Ingestão excessiva de carboidratos
  • Tonturas e/ou tremores entre as refeições
  • Despertar no meio da noite com fome
  • Alto ou baixo nível de glicose no sangue
  • Diabetes

Pacientes com esses sintomas são geneticamente candidatos para terapia com Symbiotropin.

Pacientes com diabetes são fáceis de obter respostas imediatas com uso de Symbiotropin devido seu nível de glicose que é monitorado com freqüência. Os pacientes então demonstram estabilidade dentro das primeiras semanas de terapia. Isto é verdade até para aqueles que estão sendo medicados, mas que continua ter diabetes descontrolada. Eu tenho observado pacientes que têm problemas um atrás do outro com o nível de glicose que muda diariamente, frequentemente chegando 250 - 350. Um paciente de 64 anos de idade tinha feito tratamento com seu endocrinologista durante anos, ajustando dosagens e mudando de medicamentos, ainda seu nível de glicose no sangue chegava a  275-300. Depois de 2 semanas tomando Symbiotropin, o seu nível de glicose no sangue chegou ao pico de 120; está resposta continuou constante ao ponto dele ser capaz de usar doses baixas de seu medicamento enquanto controlava o nível de glicose no sangue de forma que antes parecia impossível.

Os resultados incríveis que têm sido observado ao controlar a hiper e hipoglicemia são um contraste interessante à resistência conhecida à injeções de hGH que é normalmente encontrado nesses pacientes. Como o Jamieson tinha mencionado, a função normal pancreática é necessária para formação adequada do IGF-1 - além disso, a glicose e a insulina devem circular em níveis baixos para ocorrer a secreção do GH. Abordando a resistência e produção da insulina parece ser não só um composto necessário na estimulação do GH, mas também profunda significativa no controle da glicose na corrente sanguínea. Com a insulina tendo o papel principal na gestão de vários hormônios, não é surpreendente que estamos observando bons efeitos nos sintomas da menopausa, pressão arterial alta, doença cardíaca, e em outras áreas.

Antes de ir à analise em várias áreas de progresso que tem sido observado com a Symbiotropin, deve ficar claro que fizemos estas observações na maneira mais objetiva possível. Os pacientes não foram instruídos para monitorar os sintomas que estavam sentindo no início da terapia. Eles só foram informados que seu nível de IGF-1 estava reduzido e que iríamos monitorar as alterações no IGF-1 em reposta à Symbiotropin. Fiquei espantado em descobrir que os pacientes estavam me ligando dentro de alguns dias para relatar grandes melhoras em vários de seus sintomas. Eles relataram aumento de energia, flexibilidade, diminuição de dor devido artrite e um melhora geral na sensação de bem-estar. As áreas que costumo focar mais são aquelas que observei melhora constante. As seguintes áreas aplicam-se a doenças que afligem muitas pessoas, e mesmo que não posso sugerir Symbiotropin como uma "cura" para este mal - os resultados não podem ser ignorados.

 

Doença Cardíaca & Hipertensão Arterial

Minha prática inclui a utilização de terapia de quelação EDTA em pacientes com doença cardíaca de leve à avançada. A maioria desses pacientes estão em colaboração com cardiologistas e muitos deles têm sua função cardiovascular severamente prejudicada ao ponto de ter dificuldade em fazer exercícios simples como andar. Reduzir a placa nas artérias é útil, mas com um coração prejudicado eles frequentemente não podem executar tarefas simples sem sentir falta de ar. Os resultados com Symbiotropin foram muito grandes nessa área. Enquanto uma grande quantidade de pacientes tem relatado melhora de vigor, talvez as histórias mais importantes são aquelas de pessoas com doença cardíaca que não só podem andar sem sentir falta de ar, mas que também são capazes de começar a exercitar-se com mais intensidade.

Os estudos que nos referíamos previamente, sugerem que as injeções do hGH deduz uma melhora significante no débito cardíaco. Isto pode ser devido o papel de apoio que o IGF-1 faz em fortalecer o tecido muscular, mas os efeitos com a Symbiotropin parecem ir além deste efeito em maneiras que ainda não são compreendidas. Por exemplo, muitos pacientes com função pulmonar prejudicada e com enfisema têm relatado rápida melhora na sua capacidade pulmonar e subsequentemente no aumento de vigor.

Um homem acima do peso normal de 63 anos de idade e fumante com doença cardíaca tinha feito terapia de quelação e relatou alguma melhora, mas quando foi dado Symbiotropin ele relatou aumento na força, resistência e capacidade de respirar ao ponto que ele podia se exercitar todos os dias. Ele teve aumento de força muscular e redução e, também da gordura corporal.

Embora enfisema não é uma doença cardíaca típica, os resultados nesta área são significantes na avaliação do efeito total na melhora da função cardiovascular. Um homem de 67 anos de idade com bronquite crônica e enfisema não estava respondendo a nenhum tipo de tratamento, quando for dado Symbiotropin ele imediatamente relatou aumento na capacidade pulmonar, vigor e tolerância. Estes resultados não foram esperados sendo que eu nunca tinha lido informações indicando outras formas de terapia com hormônio do crescimento tinha produzido esse tipo de resultado. Observações no aumento da capacidade pulmonar tem sido constante apesar das variedades de influências sob a função pulmonar prejudicada, incluindo cigarros, alergias, enfisema e bronquite.

Existem muita influência sob a hipertensão arterial, como adrenalina, placas arteriais e a função renal. Muitos pacientes são capazes de controlar os fatores que afetam sua hipertensão arterial, enquanto outros pacientes têm hipertensão descontrolada indiferente dos medicamentos. É nestes casos de hipertensão descontroladas que podemos observar uma melhora significante. Um paciente estava usando uma combinação de medicamentos para pressão arterial, ainda não era incomum sua pressão arterial chegar à 170/130 numa base diária. Depois de apenas algumas semanas usando Symbiotropin, ele era capaz de manter os níveis constante de 120/70 a 130/80.

A angina pode ser uma experiência assustadora e um obstáculo no esforço cardíaco durante exercícios. Um paciente de 64 anos de idade com doença cardíaca avançada e com dor no peito diário, relatou uma cessação completa da dor torácica dentro das primeiras 24 horas após tomar a primeira dose de Symbiotropin. Eu escolhi esse exemplo na melhora de angina porque sugere a ação de mecanismo que vai além do fortalecimento do músculo cardíaco, que normalmente ocorre durante um período de tempo mais longo.

 

Melhoria na Artrite & no Múculo-esquelético

Esta é outra área que não antecipei em achar a melhoria constante que achamos. Mesmo assim, os resultados não podem ser ignorados. Pacientes têm relatado flexibilidade que eles não tinham à mais de 30 anos, com vários pacientes descrevendo em ter uma maior facilidade em levantar da cama todos os dias. Aqueles com artrite relataram redução significante em relação à dores. Muitos eram capazes de recuperar de lesões musculares e de dores devido exercícios muito mais eficaz. Observamos aumento na moção nas articulações e na força muscular. Alguns dos meus pacientes que tinham fibromialgia, uma condição que envolve dor muscular crônica, tinham uma redução significante de dor. Os relatórios mais fascinantes e constantes foram os de cura e redução de dor de antigas lesões. Estes incluem um paciente que descreveu sua dor no ombro que acordava ele durante a noite e continuava durante todo o dia devido sua lesão que ocorreu 20 anos atrás e, que foi subsidiada após 8 semanas de tomar Symbiotropin. Um paciente, homem de 83 anos de idade, teve uma lesão na coluna há 30 anos atrás. Ele tinha tanta rigidez e dor que ele não podia abaixar o suficiente para amarrar seu próprio sapato, mas agora ele é capaz de tocar seus dedos do pé e dobrar seu joelho sem sentir dor.

Quais são os elementos comuns dessas condições e as mudanças que temos observado? Todas envolvem inflamação e degeneração, que ambos têm muita influência causais que possam ser afetadas pela Symbiotropin. Sabe-se que algumas formas de artrite e fibromialgia são afetadas diretamente pela integridade da parede gatrointestinal. Como já mencionamos nesse capítulo, Os Factos, estudos indicam que o hormônio do crescimento e o aminoácido L-glutamina (um ingrediente da Symbiotropin) são fatores importantes no crescimento e espessamento da parede gastrointestinal. Isto pode ser um mecanismo importante na ação da redução da dor para reduzir o vazamento das substâncias do trato digestivo que promovem inflamação e leva até a corrente sanguínea. Além disso, o reforço da parede do trato digestivo melhora a absorção de nutrientes, o qual pode auxiliar na cicatrização dos tecidos lesados.

A absorção de nutrientes não acaba aqui. Uma vez que os nutrientes são absorvidos, eles precisam ser utilizados em uma forma que irá ajudar a reparação das células e os tecidos que eles sustentam. O hormônio do crescimento é único, comparado com outros hormônios, ele estimula o crescimento através de atingir os tecidos diretamente em vez de atingir os órgãos endócrinos. O efeito semelhante à insulina do IGF-1, assim como o efeito de regulação da insulina da terapia com GH, faz um papel integral no crescimento e reparação dos tecidos. A insulina transporta a glicose, proteínas e gordura para dentro das células onde são usados para energia e replicação celular. Reforçando a utilização da insulina, podemos inerentemente promover a cicatrização. Quando adicionamos os efeitos de cumprimentos do hormônio do crescimento e do IGF-1, os resultados são verdadeiramente surpreendentes.

Convém salientar que os mecanismos que estão descritos aqui são nítidos contraste à ação das drogas anti-inflamatórias (esteróides e NSAIDS). Esses mecanismos reduzem a inflamação, mas à custa de desgastar a parede do trato gastrintestinal e de romper o colágeno nas articulações. Eles oferecem redução efetiva e imediata das dores, mas não repara os tecidos. Na verdade, eles trabalham em acelerar os tecidos lesados que estão causando inflamação - criando uma dependência de longo prazo e piorando a condição. Existem nutrientes que apóiam e, que podem fornecer materiais crus para reconstruir o tecido lesado, porém, sem a estimulação adequada os resultados podem ser limitados.

 

Insônia

Os melhores livros sobre melatonina têm dado uma luz na importância do sono em controlar o processo de envelhecimento. A melatonina, referido como o hormônio do sono, é produzido de acordo com um ritmo cicardiano, assim como o hormônio do crescimento, onde os dois são liberados principalmente durante a noite. Alguns pesquisadores da melatonina estão agora sugerindo que alguns dos benefícios anti-envelhecimento da melatonina podem originar das propriedades do hormônio do crescimento. Ambos hormônios são produzidos em montantes que declina em acordo que vamos envelhecendo ao ponto que muitos idosos têm dificuldade em dormir e não têm descanso eficiente.

A maioria dos pacientes, incluindo aqueles que não descreveram nenhuma dificuldade em dormir, têm relatado melhora na sua capacidade to dormir, continuar dormindo, em manter um sono mais profundo e eficiente e experiência sonhos mais vívidos. Eles têm relatado que acordam com mais disposição e têm mais energia durante as primeiras horas da manhã. Não medimos os níveis de melatonina nesses pacientes para determinar uma mudança, mas é bem claro que há uma melhora no sono. A partir da experiência, a suplementação de melatonina produz uma mistura de resultados - isto não parece ser o caso com a Symbiotropin, o qual parece funcionar constantemente nesta área.

A regulação da insulina tem um papel importante no padrão do sono. Hipoglicemia, ou baixo quantidade de açúcar no sangue, tende ocorrer a noite, simplesmente porque a gente não alimenta enquanto estamos dormindo. Quando o nível de glicose cai, a adrenalina é liberada como uma fonte secundária. Como um hormônio estimulante, uma liberação de adrenalina a noite pode resultar em uma variedade de efeitos de iniciar um sono mais leve e menos eficiente à causar sudorese noturna e insônia. A gestão da insulina que ocorre com Symbiotropin pode ser um mecanismo de ação significante que auxilia na melhora do sono através de reduzir a incidência da hipoglicemia noturna.

 

Controle de Peso

Refiro-me ao controle em vez de perda por observar um aumento constante na massa muscular e redução significante na gordura corporal, que juntos, não sempre produz perda de peso. Este processo frequentemente começa dentro das primeiras semanas de terapia com Symbiotropin onde os pacientes têm presenciado perda de peso de até 7 libras. A maioria dos pacientes acima do peso mantêm uma perda de 2-3 lbs. por semana. Na mesma hora, o aumento da força, energia, e tolerância permite que eles exercem-se com maior intensidade e, consequentemente, aumentando a massa muscular e a base do metabolismo.

Como é o caso com tantas áreas de melhora com a Symbiotropin, a regulação da insulina tem um papel central. No nosso capítulo sobre Dieta & Exercício vamos entrar em mais detalhes nas coisas que podemos fazer para melhorar esse processo. O IGF-1 e o hormônio do crescimento são conhecidos por suscitar lipólise (queima de gordura) e construir tecido muscular. Alguns nutricionistas e médicos ainda subscrevem a filosofia que o armazenamento de gordura é baseado puramente na diferença entre calorias que entram (dieta) e as calorias que saem (exercício). Embora, isto é um princípio importante, muitas pessoas acham frustrante e insultuoso. Você não precisa olhar longe (talvez até à um espelho mais próximo) para achar uma pessoa que não mantém a composição corporal que poderia manter antigamente, apesar de não ter mudado de dieta ou hábitos de exercício. Ainda pior, muitas pessoas continuam a armazenar mais gordura até enquanto consume menos calorias e exercitando mais. Este processo lamentável ocorre devido as mudanças hormonais ao envelhecer. O sistema endócrino não mantém mais o mesmo grau metabólico. Isto pode muitas vezes ser observado com o declínio da temperatura do corpo e/ou redução de energia e resistência. Através da reposição hormonal e do IGF-1, não estamos somente restaurando nossa capacidade de queimar gordura, mas também estamos ajudando a restaurar a função adequada dos órgãos endócrinos, como a tiróide, que mantém nossa metabolismo.

 

Pêlos, Pele, e Unhas

O hormônio do crescimento e o IGF-1 estimulam o crescimento dos pêlos, unhas e pele. Vários pacientes têm relatado crescimento rápido das unhas e cabelos, ao ponto que eles precisam ir ao cabeleireiro com mais freqüência. Muitos têm relatado cabelos e unhas mais grossos e saudáveis. Mas vamos chegar ao ponto de interesse - a maioria de nós queremos saber como se livrar das rugas. É mais provável esse processo ocorrer com uso ao longo prazo e com outros nutrientes de apoio. Entretanto, temos observado redução significante das rugas em homens e mulheres em pouco tempo como em 4 semanas. Eu tenho visto pacientes com 70 à 80 anos de idade transformar sua aparência de desolado, incolor e enrugados para sadio e suave em um período muito curto de tempo. Também já vi outros pacientes que não mostraram tantos sinais drásticos de melhora. Qual é a diferença?

Muitos dos meus pacientes estão usando protocolos nutricionais que incluem grandes doses de vitamina C, bioflavanoide e aminoácidos como a prolina e lisina, que são componentes do colágeno - a "cola" para células da pele que ajudam manter rigidez e força. Outros pacientes não estão submetendo à esses materiais crus importantes para síntese de colágeno e, têm histórico de ser fumantes e com exposição em excesso ao sol, quais rompem o colágeno. Há uma diferença no modo em que estes dois grupos de pessoas respondem ao tratamento com Symbiotropin em termos de redução de rugas, mas podem ter outras influências que ainda não são bem compreendidas. Será interessante de ver, por um longo período de tempo, se vamos ver a pele constantemente suave.

 

Desempenho Sexual

Ambos pacientes, homens e mulheres, têm relatado melhora no libido e duração da relação sexual. A resposta dos hormônios sexuais, como testosterona, é melhor com a terapia com GH, que explica o aumento no desempenho sexual para ambos sexos. Além disso, os homens irão beneficiar no aumento de circulação sanguínea e o efeito que isto tem na manutenção da ereção.

 

Avaliação e Monitoração

Neste momento, a Symbiotropin só foi utilizado no âmbito aconselhamento e supervisão de um médico. Tem sido utilizado somente em pacientes que demonstram nível do IGF-1 abaixo de 350 com monitoria a cada 4- 8 semanas. Nossos resultados têm mostrado um nível de IGF-1 flutuante nas primeiras quatro semanas de uso com aumento do IGF-1 ultrapassando 200% e sua média chegou a 18%. Nas próximas quatro semanas de uso, mudanças no IGF-1 tendem a ser estáveis com seu pico atingindo um pouco superior a 100% e a média 24%. Pela décima segunda semana de uso (o final do primeiro ciclo) observamos a maior melhora e aumento constante sintomática nos níveis do IGF-1, mas a maior parte desses pacientes ainda apresentaram melhora sintomática. Em um ambiente clínico provavelmente não é necessário avaliar o IGF-1 com mais freqüência do que antes e depois de cada ciclo de 12 semanas de Symbiotropin.

 

Aumento médio no IGF-1 durante ciclo de 12 semanas com Symbiotropin

Todos pacientes incluídos nesse estudo tinham níveis iniciais do IGF-1 abaixo de 350. Vários pacientes com nível de IGF-1, incluindo atletas, foram dados Symbiotropin e relatado melhora na força, vigor e composição corporal. As mudanças observadas em muitos desses pacientes indica que a Symbiotropin pode funcionar por sensibilizar o IGF-1 e os receptores da insulina. Por exemplo, um corredora ávido aproximadamente com 40 anos de idade, estava mantendo os níveis de IGF-1 de 403, mas ela mostrou sinais de hormônio do crescimento baixo como ganha de peso inexplicável e fadiga. Dentro de algumas semanas após começar tratamento com Symbiotropin, ela começou a perder quantidade significante de gordura corporal enquanto sua houve melhora de energia e vigor sem um houver aumento significativo do IGF-1. Bodybuilders que já usou injeções de GH, previamente, têm relatado rápido aumento da massa muscular e definição dos músculos com uso de Symbiotropin.

O resultado da auto-avaliação de um paciente indicou uma resposta sintomática com uso de Symbiotropin dentro das primeiras quatro semanas em todos os pacientes, com melhora contínua entre a quarta  e décima segunda semana. Melhora de energia, resistência e composição corporal eram o que mais melhorou durante as primeiras quatro semanas. Crescimento de novos cabelos, restauração da cor do cabelo, espessamento da pele e desaparecimento da descoloração da pele ocorreram geralmente entre a oitava e décima segunda semanas, com melhora contínua depois da décima segunda semana. Deve ser notado que os resultados da auto-avaliação desse paciente não foram ajustados nas áreas que não foi aplicada em casa indivíduo.

 

                    Porcentagem de pacientes que relataram melhora com Symbiotropin

  Área de Avaliação Mês Três
  Resistência e Composição Corporal  
  Força muscular 58%
  Tamanho muscular 42%
  Redução de gordura 68%
  Energia geral 74%
  Tolerância de exercício 58%
  Resistência de exercício 68%
  Cabelo e Pele  
  Textura da pele 47%
  Espessura da pele 32%
  Elasticidade da pele 26%
  Desaparecimento de ruga 37%
  Crescimento de novos cabelos 47%
 Cicatrização e Imunidade  
  Cicatrização de lesões antigas 26%
  Cicatrização de outras lesões 21%
  Capacidade de cicatrizar 21%
  Flexibilidade no coluna & juntas 37%
  Resistência à doenças comuns 47%
  Função Sexual  
 Potência / Freqüência sexual 32%
 Duração da  erecção do pénis 44%
  Freqüência de micção noturna 66%
  Função Mental
  Vigor mental e clareza 53%
  Estabilidade emocional 42%
  Atitude em relação a vida 37%
  Memória 47%

Nossa experiência com a garantia dos laboratórios que obtém testes, sugerem em usar um laboratório que é tem experiência no ensaio com IGF-1. Este teste é extremamente sensível no qual amostras de sangue precisam ser mantidas congelados e tratados adequadamente. Allan Broughton, M.D., e diretor do Antibody Assay Laboratories em Santa Ana, Califórnia (800-522-2611), estabeleceu o primeiro teste disponível no mercado para o IGF-1 em 1979. Meu contato pessoal com ele no processo de monitoria de pacientes tem sido tremendamente esclarecedora quanto à variabilidade dos ensaios do IGF-1 quando não são realizados em um bom ambiente.

Estamos publicando um guia com  versão continuamente atualizada para os médicos que estão usando a Symbiotropin. Se seu médico ainda não é familiarizado com esse tipo de terapia, ele pode entrar em contato com o editor deste livro para obter mais informações.

_______________________________

 Minhas unhas têm melhorado bastante, eu tenho uma boa aparência em geral e minha energia tem melhorado muito.

-M.M. (Mulher, 74 anos)

_______________________________
 

 

Cápitulo 4                                                                                                                                                 Capítulo 6


E-mail

HGH-USA.COM   Copyright © 2002-2016

Advanced Medical Knowledge and Techniques, Inc.